segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Rewiew do Nerd - Gojira 101 [Fase BW]

 GRAWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWR!!!


 O que podemos dizer quando falamos de monstros gigantes? Você não sabe porra nenhuma se você não conhece o rei de todos os monstros: GOJIRA. Sim, vamos começar do começo e esclarecer que Godzilla é uma versão americanizada de Gojira (que em japonês é uma mistura de Baleia e Gorila, faz muito sentido mas foda-se), e que ele começou muito diferente do que muitos pensam.


 A fim de facilitar seus métodos de pesquisa de filmes e ordem cronológica, vamos dividir os 28 filmes do gigante não-tão-gentil em fases. Vamos começar com a Fase Clássica/Fase Preta e Branca que seria a mais breve marcada por apenas dois filmes: Godzilla King of the Monsters e Godzilla Raids Again, ambos em preto/branco e lançados no ocidente muito depois de serem lançados no Japão.
 Devemos dizer que o primeiro filme tem uma temática bem séria, não sendo tratado como um filme B e sim como um filme de desastre claramente influenciado pelos terrores da bomba nuclear. No filme a explicação é de que um tipo de lagarto que sofreu com a radiação ficou gigante, ganhou um bafo atômico (que iria seguir por toda série e se você não sabe o que é, se mata!), além de ficar virtualmente indestrutível. Há uma versão americana que foi re-arrumada para ser mais "for dummies" com uma narração muito imbecil mesmo, não deixe isso entrar na sua casa, por tudo que há de mais de bom.
 O segundo filme, Godzilla Raids Again coloca aqui coisas que iriam se tornar marcas registradas da série: Godzilla surrando um pobre monstro que acabou por atravessar seu caminho e Godzilla derrubando um castelo japonês (que foi uma tendência seguida por mais uns cinco ou seis filmes direto). Dessa vez a luta não é somente contra as forças armadas (que por convenção nunca vão fazer merda a ele), é contra outro monstro gigante: Gigantosaurus., um lagartão com uma carapaça de espinhos que gradualmente foi esquecido e depois ressuscitado nos filmes mais novos. O filme é até legal e termina com Godzilla sendo soterrado por gelo para tomar um descanso (de sete anos diga-se de passagem) até seu próximo retorno.


São dois ótimos filmes, mas entre esses eu fico sempre com o primeiro, o melhor de todos vamos concordar. Então escave-os e se prepare para a próxima faze dessa Maratonazilla (ou Godzillatona, como quiser).

2 comentários:

  1. A primeira maratona do blog!

    Foda!

    ResponderExcluir
  2. Acho que seria mais interessante se eu fosse convidado a me matar menos constantemente por não saber certas coisas. Afinal, imagino que o artigo tem o objetivo de informar e ensinar e, para tanto, os leitores chegam com conhecimento parcial ou até sem nenhum.
    Gostei da matéria (:

    ResponderExcluir