sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Duplipensamentos Nerds - Adeus Steve Jobs

 E mac que é bom, você não me dão dinheiro para comprar, né seus putos?



 Pois é, gente, morreu Steve Jobs. O cara que simplesmente revolucionou e criou grandes coisas (e outras nem tão grandes) que viraram tendencias tão fortes que querendo ou não você está tropeçando em influências Jobianas (afinal, você não escuta PODcasts à toa). Meu blog não saiu de um lay out cheio de penduricalhos e sujos para um coisa Clean e com design muito mais agradável á toa, Jobs is everywhere.
 Mas não quero falar tanto sobre Steve criador da apple e sim como pessoa, ele nos ensinou uma lição muito importante e pelo menos em mim ela vai continuar (se vocês não conheceram a pessoa, estou aqui para disseminar), Jobs estava com um câncer e sabia que ia morrer uma hora ou outra. Mas penso que ele aproveitou como podia e viveu cada dia como se fosse seu ultimo, pois podia ser assim realmente, ele era uma pessoa com visão de olhar no espelho e falar:"isso é o que eu quero para meu ultimo dia?". O que tem do outro lado é um segredo e ninguém nunca sabe o que vem pela frente, Steve mais do que ninguém sabia como é poder morrer a qualquer momento (o que pode acontecer com qualquer um, na verdade, mas ele simplesmente levou um tapa na cara para realizar do jeito que ele fez).
 Seja com big boss da apple ou seja lá como você quiser pensar, pense nele como uma pessoa que viveu e morreu fazendo o que ele amava, não me impressiona por Deus que ele fosse tão rico e bem sucedido no que fazia e como fazia. Amar o que você faz é mais importante que títulos ou salários, se você ama o que você faz de verdade você vai se suceder bem nisso querendo ou não. E fora isso, aprenda bem que quando você trabalha duro você vai ter resultado, nenhum esforço na vida é um beco sem saída, amigo. Não tenho como dizer tudo, ele simplesmente era um cara muito foda como persona ou como dono de empresas.



 Realmente são muitas lições para exprimir com qualquer numero de palavras que for, como falamos de Steve Jobs, vamos ir com o simples: não desista, ame o que você faz, lute pelo que você quer, não se conforme e lembre-se que tudo que você faz com amor e fervor vai te levar a algum lugar uma hora ou outra.

 Só desejo aqui as minhas sinceras condolências e boa sorte aos sucessores dele nos futuros negócios. Uma das poucas pessoas que se pode dizer que descansou plena e em paz. 


Steve Jobs, 1955 - 2011.

2 comentários:

  1. qual a semelhança entre os Estados Unidos e a Apple?

    Ambos não tem Jobs.

    ResponderExcluir